sex izlepornopornsex moviesoral sexyoujizzporno video
Home Disciplinas

História da pesquisa arqueológica no Brasil

Disciplina

História da Pesquisa Arqueológica no Brasil

Código

MNA 753

Professor Responsável

Maria Dulce Gaspar

Ementa

O curso apresenta a construção da Arqueologia no Brasil através da análise das diferentes correntes teóricas e dos temas formadores da disciplina. Tem como objetivo oferecer subsídios para a elaboração de quadros de referências para estudos sobre sítios arqueológicos brasileiros.

Sumário

1a sessão - A Arqueologia Brasileira e seus períodos
2a sessão - O início da Arqueologia Brasileira
3a sessão - As primeiras sínteses
4a sessão - Programa Nacional de Pesquisa Arqueológica
5a sessão - Missão Francesa
6a sessão - Sociedade de Arqueologia Brasileira – Síntese E Avaliação.
7a sessão - Novos marcos
8a sessão - Reflexões sobre a produção científica
9a sessão - Brasil E A América Latina
10a sessão - Os Caçadores
11a sessão - Um olhar para os Sambaquis
12a sessão - Amazônia
13a sessão - Arte Rupestre
14a sessão - Região Sul do Brasil
15a sessão - Novos campos de saber e produção de conhecimento: Arqueologia histórica e “arqueologia de contrato”

Bibliografia

1a. sessão
NETTO, L. 1885. Investigação sobre a arqueologia brasileira. Arquivos do Museu Nacional, 6 (pp. 257-553)
HARTT, C. F. 1885. Contribuição para a etnologia do vale do Amazonas. Arquivos do Museu Nacional, 6 (pp. 1 -174)
3a. sessão
COSTA, A (1934) 1980. Introdução à Arqueologia Brasileira. Cia. Editora Nacional. Parte I elementos para o estudo da arqueologia brasileira (pp. 3-11), parte II Pesquisas Arqueológica (pp 37-117).
SERRANO, A. 1946. The Sambaquis of the Brazilian Coast. p. 401-407. In: STEWART, J.H. (ed.). Handboock of South American Indians. Washington, Smithsonian Institute, Bureau of American Ethnology, vol. 1. 624p., il.
4a sessão
SIMÕES, M.F. (ed) Programa Nacional de Pesquisas Arqueológicos – Resultados Preliminares do 1o, 2o, 3o, 4o e 5o anos. Belém, Museu Goeldi (Pubs Avulsas 6, 10, 13, 15, 26.)
SIMÕES M.F. Índice das fases arqueológicas. Belém, Museu Goeldi, 1972.
5º sessão
LAMING-EMPEAIRE, A 1967 Guia para o estudo das indústrias líticas da América do Sul, CEPA/UFPR, 1967 (Manuais de Arqueologia, 2).
LAMING-EMPEAIRE et al. Grottes et abris de la région de Lagoa Santa, Minas Gerais, Brésil. Cahiers d´Archéologie d`Amerique su Sud, Paris, 1, 1974.
GUIDON, N. et al. Documents pour la préhistoire du Breéis meridinal, 1 – L´Etat de São Paulo. Cahiers d´Archéologie d`Amerique su Sud, Paris,, 1973.
6a. sessão
SHMITZ, P. I.; BARBOSA, A.S. & RIBEIRO, M.B. 1980. Temas de Arqueologia brasileira. Anuário de divulgação Científica, Goiânia, IGPA/UCG, 5 a 9.
FARIA,L. C. 1989. Domínios e Fronteiras do Saber: A Identidade da Arqueologia. In: IV Reunião Científica da Sociedade de Arqueologia Brasileira, Santos. Dédalo. São Paulo: SCATAMACCHIA, M. C. M. & FLEMING, M. I., (p 26-39).
7a. sessão
PROUS, A . 1991. Arqueologia Brasileira, Brasília, UNB. (p 5-23)
PROUS, A . 2006. O Brasil antes dos brasileiros. Jorge Zahar Editores.
MENDONÇA DE SOUZA, A, 1991. Historia da Arqueologia Brasileira. Pesquisas, São Leopoldo, Antropologia (46). 157 p.
8a. sessão
BARRETO, C. 2000. A construção de um passado pré-colonial: uma breve história da arqueologia do Brasil. Dossiê Antes de Cabral: Arqueologia Brasileira, Revista da USP, São Paulo. 44: 32-51.
ROBRAHN-GONZÁLEZ, E. 2000. Arqueologia em perspectiva: 150 anos de prática e reflexão no estudo de nosso passado. Dossiê Antes de Cabral: arqueologia brasileira I, Revista da USP, São Paulo. 44:10-31.
9a. sessão
BARRETO, C. 1999. Arqueologia Brasileira: uma perspectiva histórica e comparada. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia (Anais da I reunião Internacional de Teoria Arqueológica na América do Sul). São Paulo, suplemento 3 (pp. 201-212)
OYUELA-CAYCEDO, A (Ed) 1997. Social archaeology in Latin America? American Antiquity, 62 (pp. 365-374).
POLITIS, G. (ed) 1992. Arqueología en América Latina Hoy. Bogotá. Biblioteca banco Popular.
POLITIS, G. 1995. The social-politics of the development of archaeology at Hispanic South America. UCKO, J. (ed) Theory in Archaeology. London, Routledge. 197-235.

10a. sessão

LIMA,T.A. no prelo. O povoamento inicial do continente americano:migrações, contextos, datações.
NEVES, W. & HUBBE 2003. Luzia e a saga dos primeiros americanos. Scientific American, ano 2, n. 15 (24-31).
PROUS, A 1980. O paleo-índio em Minas Gerais. In: Schmitz, P. I. Barbosa, A S. TA Ribeiro. M. B., ed. Temas de Arqueologia Brasileira, Goiânia,1:61-77.
PROUS, A & MALTA, M 1991. Santana do Riacho. Tomo 1. Arquivos do Museu de História Natural, vol 12, BH, UFMG.
GUIDON, N. 1986. A seqüência cultural da área de São Raimundo Nonato, Piauí. Clio 8:137-44
GUIDON, N., PESSIS, AM, PARENTI, F. FONTUGNE, M, GUÉRIN. C 1996. Nature and age of deposits in Pedra Furada, Brazil. Reply to Meltzer, Adovasio & Dllehay. Antiquity 70(268):408-15
KIPNIS, R. 1998. Early hunter-gatherers in the Americas: perspectives from central Brazil. Antiquity vol 72, n. 277 (581592). Londres.
11a. sessão
GASPAR, M.D. Sambaqui: arqueologia do litoral brasileiro. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. 89 p.
WIENER, C., 1876. Estudos sobre os sambaquis do sul do Brasil. Arq. Mus. Nac., Rio de Janeiro, 1:1-20.
IHERING, H.V. 1903. As origens dos Sambaquis. Rev. Inst. Hist. Geogr. São Paulo, São Paulo, 8:446-457
ROOSEVELT, A., HOUSLEY, R. A., IMAZIO, M., MARANCA, S. & JOHNSON, R. 1991. Eighth millennium from a Prehistoric shell midden in the Brazilian Amazon. Science, Washington, 254(5038):1621-1624, il.
DE BLASIS, P., FISH,S.K., GASPAR, M.D. & FISH, P.R. 1998. Some references for the discussion of complexity among the sambaqui moundbuilders from the Southeern shores of Brazil. Revista de Arqueologia Americana, Instituto Panamericano de Geografia e Historia. N. 15. 75 -105.
FISH, S.K.; DE BLAIS,P.; GASPAR,M.D. & FISH,P.R. 2000. Eventos incrementais na construção de sambaquis, litoral sul do estado de Santa Catarina. Revista do MAE USP, n 10. p. 69-88. São Paulo
LIMA, T. 1999-2000. Em busca dos frutos do mar: os pescadores-coletores do litoral do Brasil. Dossiê Antes de Cabral: arqueologia brasileira I, Revista da USP, São Paulo. 44:270 328.
12a. sessão
ROOSEVELT, A., HOUSLEY, R. A., IMAZIO, M., MARANCA, S. & JOHNSON, R., 1991. Eighth millennium from a Prehistoric shell midden in the Brazilian Amazon. Science, Washington, 254(5038):1621-1624, il.
NEVES, E. 1998. Twenty years of Amazonian archaeology in Brazil (1977- 1997). Antiquity, 72, n. 277. (625- 632)
NEVES, E. 2000. O velho e o novo na arqueologia Amazônica. Dossiê antes de Cabral: arqueologia brasileira. 1, USP, São Paulo, 86-110.
13. sessão
GASPAR,M.D. 2003. A Arte Rupestre no Brasil. Editora Jorge Zahar. Rio de Janeiro.
BALDUS, H. 1937. As pinturas rupestres de Santana da Chapada (Mato Grosso). Revista do Museu Paulista, Nova Série, 40:5-14.
Arquivos do Museu de História Natural, Universidade Federal de Minas Gerais, volume XIII/XI, 1992/93. (vários artigos). Belo Horizonte.
LAGES, M.C.S.M. 2002. Contribuição da arqueoquímica para o estudo da arte rupestre. In Fundhamento II, Revista da Fundação do Homem Americano. 257-264
PESSIS, A-M & GUIDON, N. 2000. Registro rupestre e caracterização das etnias pré-históricas. In Grafismo Indígena, org VIDAL, Lux, EDUSP, 19-34. São Paulo
14a. sessão
BROCHADO, J.P. 1969. Histórico das pesquisas arqueológicas no Estado do Rio Grande do Sul, s. antropologia, n. 1.
NOELLI, F.S 2000. A Ocupação humana na região sul do Brasil: arqueologia, debates e perspectivas 1872-2000. Revista da USP, São Paulo, n. 44, p. 218-269.
15a. sessão
GASPAR, M.D. 2003. A história da construção arqueologia histórica brasileira. Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo 13 (269-301)
ANDRADE LIMA, T. 1997. Chá e simpatia: uma estratégia de gênero no Rio de Janeiro Oitocentista. Anais do Museu Paulista, História e Cultura Material (Nova Série), São Paulo, v. 5.
CHMYZ, I. 1976. Terminologia Arqueológica Brasileira para a Cerâmica. Cadernos de Arqueologia, Curitiba, 1 (1)(119- 147).
FUNARI, P.P. 2000. Contribuições da arqueologia para a interpretação do Quilombo dos Palmares. Anais da IX Reunião da Sociedade de Arqueologia Brasileira, Rio de Janeiro, meio eletrônico.
ORSER Jr, C. 1992. Introdução à Arqueologia Histórica. Belo Horizonte: Oficina de Livros. 143 p.
"A Arqueologia no Meio Empresarial", 2003, Goiânia.

 

backlink, hacklink, backlink ekleme ,hacker,turk hacker,pr artırma , pagerank yukseltme
cappadocia , cappadocia tours ,cappadocia turkey, cappadocia hotels ,Turkish Heritage Travel
escort bayan , bayan escort, escort bayan istanbul, escort bayan ankara, escort bayan izmirescort bayan , bayan escort, escort bayan istanbul, escort bayan ankara, escort bayan izmir